Drops – Royal Brackla 16 anos

 

Você sabe o que é um Royal Warrant? Um Royal Warrant é uma espécie de selo de aprovação da família real. Isso, na prática, significa que certa marca – a qual o Royal Warrant é concedido – fornece um serviço ou produto de altíssimo nivel para a corte real. E que, por conta disto, merecem deferência. Ou que a marca – a destilaria, no caso – é profundamente admirada por certa celebridade de sangue azul.

A maioria dos países que, em algum momento, adotaram o regime monárquico possuem Royal Warrants. Até mesmo no Brasil isto aconteceu. Ao todo, foi concedido o inacreditável numero de dois. Um para a Granado – sim, aquela que faz os sabonetes – e outra para Henry Poole & Co, alfaiataria britânica que produzia parte das vestimentas de Dom Pedro II. A família real inglesa, porém, não foi tão seletiva. Ao longo de sua história, ela já forneceu milhares de royal warrants. Atualmente, há pouco menos do que novecentos. Companhias em ramos tão diversos quanto a Aston Martin, Nestlé, Twinings e Burberry possuem estes selos.

A Brackla foi a primeira destilaria a receber o Royal Warrant. O Royal Warrant da Brackla foi concedido pelo Rei William IV em 1833, quando a destilaria possuía apenas 23 anos de idade. Em 1838 a Rainha Victória renovou o Warrant. Por conta dessa história os whiskies da Brackla até hoje são vendidos com os dizeres “The King’s Own Whisky” ou “O Whisky do Próprio Rei” em seus rótulos. Além disso, a destilaria pode utilizar a denominação “Royal” em seu nome.

O Royal Brackla 16 anos foi lançado apenas recentemente, em 2015. Juntamente com Glen Deveron, Craigellachie, Aberfeldy e Aultmore, ele compõe os “Last Great Malts of Scotland”. Um nome com bastante pompa e certa presunção, mas que, na realidade, é somente a reunião das destilarias sob comando da multinacional Bacardi. Ainda que a comercialização como single malts e o lançamento dos Last Great Malts sejam fenômenos recentes, os maltes já são velhos conhecidos do mercado. São eles os principais ingredientes dos blended whiskies da Bacardi, como o Dewar’s.

A primeira versão lançada do Brackla foi um whisky com 35 anos de idade, com preço sugerido de 15.000,00 (sim, quinze mil mesmo) dólares. Em seguida, a Bacardi revelou que não seria necessário vender um automóvel para experimentar um whisky da destilaria. As expressões do portfólio permanente da marca seriam bem mais acessíveis, ainda que não exatamente uma pechincha. O Royal Brackla 16 custa, atualmente, em torno de 70 libras.

Pechincha

O processo produtivo da Brackla é baseado no refluxo. O processo de fermentação – em washbacks de pinho – é longo. Os alambiques possuem pescoço de cisne, inclinados levemente para cima. O processo de destilação é também demorado, e o alambique começa seu processo bastante cheio. Tudo isso contribui para um destilado leve e pouco maltoso. Não há informação se os whiskies sofrem processo de filtragem a frio ou recebem a adição de corante caramelo.

O Royal Brackla 16 é maturado em barricas de carvalho americano de bourbon whiskey e finalizado em barricas de carvalho europeu de ex-jerez. E tudo seria lindo, não fosse um pequeno detalhe. Sua graduação alcoólica. Para um whisky como ele, leve e puxado para o vinho jerez, talvez um grau mais elevado de álcool funcionasse bem. Isso é uma pena, porque apesar de excelente, o Royal Brackla 16 anos teria o potencial para ser uma expressão incrível. De qualquer forma, se você cruzar com uma garrafa do Royal Brackla 16 anos, não perca a oportunidade de experimentá-lo. Afinal, não é sempre que se tem a oportunidade de provar um whisky digno de um rei.

ROYAL BRACKLA 16 ANOS

Tipo: Single malt com idade definida (16 anos)

Destilaria: Brackla

Região: Highlands

ABV: 40%

Notas de prova:

Aroma: Frutado, creme de baunilha, manteiga.

Sabor: Frutado e ao mesmo tempo seco. Frutas cristalizadas, crème brûlée, manteiga. Final longo e seco.

Disponibilidade: Duty Free de embarque internacional/lojas internacionais

 

 

2 thoughts on “Drops – Royal Brackla 16 anos

  1. Como vai mestre?
    Bom, é um ex-jerez e aprovado pelo rei… acredito que seja motivo suficiente para provar hahaha.
    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *