Drops – Laphroaig 10 Cask Strength

Uma vez falei aqui do Ariel Atom, um automóvel que quase não poderia ser considerado um automóvel. Não há rádio, nem pára-brisas, tampouco ar-condicionado. Não tem teto também, nem portas. Bagageiro, nem pensar. O Ariel Atom é tipo aquela casa muito engraçada da musica infantil, que não tinha nada. E assim como a casa, não tem pinico para fazer xixi. Mas deveria ter, porque dá um medo desgraçado. O Atom possui um volante, um motor violento e o poder de arrancar a pele da sua cara ao acelerar, ao estilo motoqueiro fantasma. O Atom acelera de 0-100 em menos de três segundos. É muito rápido. Mas como para alguns loucos isso não parece o suficiente, a empresa resolveu que lançaria […]

Especial Escócia – Visita à Laphroaig

“Uma mistura maltada com a infusão de turfa em urina de ovelha, filtrada através de meias de lã molhadas e suadas de pastores.” “é como lamber turfa queimada de uma fogueira na praia, que grudou na bota de um pescador”. e minha preferida: “como um dragão em conserva de iodo, assado sobre um vulcão, e servido em uma cama de algas marinhas.”. Não é um campeonato de metáforas nojentas. Não. São opiniões sinceras de consumidores que – assim como este Cão – são apaixonados pela Laphroaig. Estas opiniões fazem parte de uma campanha de marketing, e estão impressas por toda parte na destilaria. E apesar de parecerem todas desfavoráveis, na verdade, são apenas francas. Não há como descrever Laphroaig sem vigor. […]

(Um pouco mais que um) Drops – Laphroaig An Cuan Mór

Sabe, nunca fui muito de praia. Gosto muito da sensação proporcionada pelo mar. Aquele leve embalo, quase caótico, que nos puxa e traz de volta à areia. Mas todo o resto não me atrai muito. A começar pela areia nos lugares errados. E pela sensação de viscosidade proporcionada pela água salgada evaporando sob o sol. Ah, e passar protetor solar. No entanto, gosto muito do oceano. Algo misterioso. Belo, imponente e enigmático. O mar sempre me proporcionou certo fascínio. Mas não só ele. Estes adjetivos se aplicam perfeitamente também ao An Cuan Mor, um single malt sem idade definida produzido pela destilaria favoria do Príncipe Charles, a Laphroaig. Não por acaso, An Cuan Mor traduz-se literalmente, como “O Grande Oceano”, em […]

Drops – Laphroaig 15 Anos Douglas Laing

Você sabia que além das próprias destilarias, na Escócia há empresas independentes, especializadas em buscar e comprar barris e maltes específicos para produzir edições limitadas independentes? É o caso desta garrafa da foto, fotografada pelo Cão na Barbearia Corleone. Isto é um Laphroaig 15 anos, com 53% de graduação alcoólica, engarrafado pela Douglas Laing & Co. para sua finada linha de single malts Director’s Cut. Esta é uma das únicas 314 garrafas no mundo desta edição. Todas foram preenchidas com o conteúdo de um único barril (single barrel), sem sofrer qualquer diluição ou adição de corante caramelo. A Laphroaig é uma das mais famosas destilarias da região de Islay, conhecida por seus whiskies com aroma e sabor defumado e turfado, […]

Solo Suite – Laphroaig 10 anos

Hoje vou falar de coisa séria. Falarei de cultura. De música erudita. Falarei do Arvo Pärt (pronuncia-se Pért, caso você esteja se perguntando o que um trema está fazendo em cima de um “a”). Arvo Pärt é um compositor nascido na Estônia, em 1935, e vivo até hoje. Arvo é responsável por composições antológicas, que você certamente já ouviu. Certamente já ouviu, mas nunca soube que eram dele. O exemplo mais claro é Spiegel im Spiegel. Spiegel im Spiegel – que, em alemão, significa espelho no espelho – foi composto por Pärt em 1978, logo antes de abandonar a Estônia. A composição figurou em filmes como Gerry, de Gus van Sant e Dans le Noir Du Temps, um curta-metragem de […]

Dilema – Laphroaig 18 anos e Lagavulin 16 anos

Escolha rápido: Rolling Stones ou Beatles? Ferrari ou Lamborghini? Batman ou Iron Man? Eva Green ou Scarlett Johansson? E se sua preferência for por homens, Brad Pitt ou Tom Cruise? Você provavelmente ficou em dúvida com alguma das escolhas anteriores, certo? Existe um nível de excelência em que fica realmente difícil apontar um vencedor. Ou argumentar, com propriedade, qual é melhor. Eu preferiria não ter que escolher. Sério mesmo que eu não posso comer um spaghetti carbonara com pancetta e outro com bacon? Aliás, escolher entre duas coisas excelentes é ainda mais difícil do que entre duas coisas péssimas. Tipo, sei lá, fazer um tratamento de canal sem anestesia ou passar o resto dos meus dias ouvindo apenas Anitta no […]

Sobre mulas e momentos efêmeros – Laphroaig Quarter Cask

Existem muitas coisas boas na vida que duram muito pouco, e quando menos percebemos, já acabaram.  O pôr do sol, um beijo, sua música preferida no rádio (exceto se você for fã de Emerson, Lake & Palmer), e o sossego entre comer um acarajé na praia e correr para um toalete. São momentos efêmeros, que logo se extinguem, mas nos trazem boas memórias sempre. Isto se aplica perfeitamente também à minha primeira garrafa de Laphroaig Quarter Cask. Ela durou exatamente nove dias. De quarta-feira à outra sexta. Na época, havia experimentado poucos whiskies da região de Islay, famosa pelos maltes defumados, e não havia encontrado nada ainda que aliasse meu gosto por whiskies mais encorpados ao aroma de fumaça. Como […]