Jameson Caskmates IPA Edition – Simbiose

Eu não vejo muita televisão. Normalmente, quando me sento à frente do aparelho, é para ver um filme ou – mais raramente – série em algum serviço de streaming. Não tenho nem o costume e nem a disciplina necessária para acompanhar qualquer programa transmitido em horário fixo. Tanto que tenho uma contraditória relação de desprezo e admiração por quem consegue, religiosamente, acompanhar uma novela, por mais prosaica que seja.

Mas na semana passada, sei lá por que, resolvi ligar a TV. E logo fui absorvido por um documentário no Discovery Channel que mostrava a relação entre os crocodilos e uma destemida ave chamada tarambola. Que você conhece, apesar de não saber que conhece. É aquele passarinho que fica palitando os dentes do réptil, que, por sua vez, se abstém de transformá-lo em tira-gosto em troca da satisfação de limpeza bucal. E olha, acho que é um tradeoff bem bom, porque, pra um jacaré, satisfação bucal deve ser algo bem importante.

Fale Aaaaaaligator.

A relação dos dois é conhecida como uma espécie de simbiose. Uma cooperação animal, onde espécies diferentes se relacionam para o benefício de ambas. Há outros infinitos exemplos, como a anêmona e o peixe-palhaço, e a moreia e aquele peixinho azul. E como tudo na minha vida se relaciona a whisky, logo pensei em um exemplo próprio no mundo etílico. A destilaria Midleton, produtora do Jameson Irish Whiskey e a cervejaria Franciscan Well com seu Jameson Caskmates IPA Edition, que acaba de chegar ao Brasil.

Essa é a segunda simbiose – digo, colaboração, entre a destilaria e a cervejaria. Em 2014, a Midleton lançou somente na Irlanda uma expressão de Jameson finalizada em barris de de whiskey que foram usados para maturar cerveja stout da Franciscan Well. Deixe-me deixar mais claro: Barris de carvalho utilzados para maturar Jameson, posteriormente usados para a cerveja e retornados à Jameson para finalizar seu whiskey. A expressão foi um sucesso, e, em 2015, a destilaria lançou seu Jameson Caskmates Stout Edition mundialmente. E o que seguiu, dois anos mais tarde, foi a segunda edição da série, dessa vez, finalizado em barris de cerveja India Pale Ale, e tema desta prova.

O processo de maturação do Jameson Caskmates IPA Edition é bem semelhante àquele da Stout Edition. A Jameson – ou melhor, a Midleton – cedeu à Franciscan Well alguns barris previamente usados para maturar seu whiskey, para que essa envelhecesse sua Chieftain IPA. Algum tempo depois, a cervejaria retornou as barricas à Midleton, que as preencheu com seu whiskey.

Não há indicação de idade no Caskmates, nem de seu prazo de finalização. Este Cão, porém, num palpite educado, diria que é bem semelhante à do Jameson tradicional. A influência do destilado é, sensorialmente, parecida, ainda que Jameson Caskmates IPA Edition possua uma nota vegetal bem discreta que não se encontra na expressão clássica – e que, obviamente, é trazida pela finalização nos barris de cerveja.

De acordo com a Jameson “tendo descansado em barricas de IPA, este whiskey irlandês triplamente destilado apresenta a suavidade que os consumidores esperam do estilo, mas com notas de lúpulos, cítricas florais. O whiskey pode ser servido puro, com gelo ou harmonizado com uma cerveja. ” O que, apesar de não ter testado até então, reconheço que é uma ideia excelente.

Uma refeição completa

No Brasil, uma garrafa de 750ml do Jameson Caskmates IPA Edition custa, em média, R$ 150,00 (cento e cinquenta reais). É aproximadamente trinta reais mais caro do que o tradicional Jameson Irish Whiskey de um litro, com volume menor. Porém, mesmo assim, é uma diferença que compensa – nem que seja somente pela experiência de se provar um irish whiskey finalizado em barris de cerveja. Algo bem incomum, até mesmo no exterior.

Se você, assim como este Cão, é um entusiasta também do mundo da cerveja, ou se já é fã do Jameson Irish Whiskey tradicional, prove o Jameson Caskmates IPA Edition. E, se puder, combine com a India Pale Ale de sua preferência. Dentre todas, esta é, certamente, a mais inebriante simbiose do mundo.

JAMESON CASKMATES IPA EDITION

Tipo: Irish Whiskey

Marca: Jameson

Região: N/A

ABV: 40%

Notas de prova:

Aroma: adocicado e floral, com baunilha.

Sabor: Frutado, adocicado. O final é progressivamente mais vegetal, mas não chega a ser amargo.

Disponibilidade: lojas selecionadas, como a Caledonia Store.

28 thoughts on “Jameson Caskmates IPA Edition – Simbiose

  1. Caramba, mestre! Ainda ontem quase comprei esta versão do Jameson na Candy Shop de minha aldeia. Estava na promoção por 99,00 Bolsonaros!
    Gosto do Jameson e uma boa cerveja neste surtos insanos de calor vai muito bem. Achei a ideia bem bacana.

    Abraço!

  2. Comprei por 92 reais em um supermercado aqui no RJ, realmente notei diferença em relação ao tradicional, tanto no aroma, quanto no paladar e de fato existe um sabor meio que vegetal, muito bem definido por vc.
    Valeu a pena a experiência.

  3. 99 réis… degustado com uma (na verdade, um pouco mais que uma…) BrewDog Punk IPA… olha, não é que foi legal!? Como você disse: inebriante simbiose… Salute per tutti!

    1. Marcelo, já que voce gosta da Punk Ipa, vou te fazer passar vontade: Google: “compass box transistor whisky”.

      Pronto. Pode me odiar para sempre 🙂

    2. Sensacional!!! Não sou entendedor de whisky, nem propriamente de cervejas…mas gosto muito de ambos!!! Comprei esse whisky e tem trazido um paladar diferente (só procurei saber sobre porque de fato é diferente do que estava acostumado). Não sei se vale meu comentário, mas está sendo uma experiência muito boa!!! Parabéns pelas informações… 🙂

  4. Olá! Me tire uma dúvida, não ficou muito claro. Na garrafa está escrito IPA, mas no texto você diz que primeiro foram finalizados em barril de IPA, mas agora não em barril de APA, correto?
    Então seria APA edition?
    Ficou confuso. Gostaria de saber pois estou desenvolvendo uma receita para esse whisky e essa informação fará diferença. Obrigada

    1. Nathalia, não sei se entendi. A gente fala barril de APA?

      Acho que sempre foram em barril de IPA, desde a primeira edição.

  5. Por favor, um dúvida ….. Comprei uma garrafa do Jameson Caskmates IPA e ela veio sem dosador, tipo boca larga…..é isso mesmo ou comprei produto batizado ??
    Obrigado !

    1. Fala Marcos, tudo bom? Fica tranquilo, a versão do IPA que veio pro Brasil nao tem dosador

  6. Pós ler essa incrível descrição desse Jameson e como amante de cerveja, principalmente as da família Ale, tive que quase por necessidade comprar esse Whisky, e só venho mesmo ressaltar a tamanha afinidade que ele me gerou com esse mundo dos destilados. Claro não é de hoje que gosto de um bom blended, mas o apreço melhorou muito. Obrigado pelos ótimos texto Cão.

  7. salve nobre Caníssimo.
    Obrigado pelo texto e informações. Comprei uma garrafa dessa recentemente e como tenho poucas experiencias com whiskys gostaria de uma opiniao sua (vossa grande referencia acerca dessa bela bebida hehe), cheguei a comprar alguns de outras marcas e estranhei q esse jameson veio com uma cola meio grossa no selo da receita federal, as outras garrafas q adquiri tinham uma cola fininha q soltava facil. sabe me dizer se é normal? achei mt bom e acredito ser legitimo mas convenhamos, estamos em terras brasilis.

    Grande abraço.

    1. Fala Bruno, tudo certo? É normal, o selo é colado pelo produtor por lá, não no destino. Capaz de terem dado uma reforçada na cola

  8. Salve mestre. Sabe dizer se essa versão IPA é um edição limitada ou de linha? eu tinha a impressão de ser um lote especial mas não achei nada sobre. Pra garantir vou comprar mais uma pra deixar de estoque heheh.
    E queria saber se vai ter mais copos do cão, queria adquirir um gleincarn mas la no site da single malt ta esgotado. Se nao for do cão engarrafado eu nem quero, copo tem um monte aqui em casa kkkkkkk.
    Abraço

    1. Fala mestre, tudo bom? Ele começou como uma edição limitada, mas agora virou de linha. Mas, por um tempo – caskmates vai mudando de tempos em tempos.

      Lá na SMB acabou mesmo. Mas ainda tem no Caledonia, com a logo do nosso bar! Dá uma olhada no insta @caledoniawhiskyco e manda um direct

  9. Tinha descoberto este whiskey no início do ano, antes da pandemia porém só conseguia encontrá-lo por um preço rasoável no Pão de Açucar (onde nunca tinham estoque apesar de oferecerem no site).

    Dei uma desencanada mas para minha surpresa e alegria o encontrei em um mercado aqui na cidade este final de semana.

    Fiquei surpreso com o sabor e diferença sutil para a versão “standard”. Tomara que seja de fato uma versão de linha senão vou ter que comprar mais um pra deixar guardado aqui em casa rsrs

    1. Comprei ele em uma promoção e estava ansioso pra tomar, mas fiquei um pouco decepcionado, achei muito doce tanto no olfato quanto na boca, tomando com gelo pra amenizar um pouco o dulçor.

  10. Fala meu Caro Maurício, estava agora lendo e texto e resolvi fazer um teste, o Jemeson IPA com uma Heineken esquecida no freezer que diria estar no ponto, chegou a criar fumaça no vasilhame.
    Hahahaha.
    E ficou excepcionalmente bom, o dulçor do whisky combinou super bem com o leve amargor da Heineken,
    Abç.

  11. Meu nobre, blza? Que satisfação ter chegado até aqui!! Um achado e tanto esse seu site!! Estou naquela fase de descobertas rsrs Montando (nunca acaba isso rssr) meu home bar e whisky só tenho Bilantine’s e um Haig Supreme.
    Estou à procura de um single malt mas me encantei com o que tenho lido sobre o Jemeson Caskmates IPA! Já comprei e estou ansioso pra que chegue!

  12. Gosto do Jameson padrão, para drinks, irei comprar o IPA para provar tb!

    No caso do review, um adendo: o IPA do Jameson, no caso, não é de INDIAN Pale Ale, e sim de IRISH Pale Ale.
    Abraço Maurício, parabéns pelo blog.

    1. Não, o IPA é de India Pale Ale mesmo. Inclusive, no próprio site da cerveja diz o mesmo.

  13. Bom dia! Muito bom o seu post. Sou um novato no mundo dos whiskies. Um devoto dos vinhos, mas iniciante no mundo dos single malts, etc, cada vez encontro um que vou virando fã. Isso começou quando fui aos EUA em 2017 e um amigo me chamou para ir a um bar. Lá perguntou se eu queria uma dose de whiskey, eu disse q não gostava. Ele retrucou, calma, isso aqui não é whiskey. E pediu um Angels envy (port). Me impressionei! Tomei mais q uma, voltei dos EUA com algumas garrafas. De lá até hj tenho encontrado outros que gostei bastante (ex: Lagavulin 16, The Chita, Balvenie (port), etc).

    Mas voltando ao post, o Jameson é o whiskey mais em conta que mais me agrada. Prefiro ele a muitos 12/18 anos famosos. Recentemente provei o blue label na casa de um amigo e pra falar a verdade senti falta do meu jameson (loucura minha mesmo, talvez tenha sido o dia rsrsrsrs), mas e o jameson signature, vale à pena? Vi uma certa vez no freeshop. Nunca tinha visto antes.

    Obrigado pelos posts, informativos e divertidos, e perdão pelo gosto meio “coisado” de iniciante rsrsrsrs.
    Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.