Whiskey Brownies – Simplicidade

“A simplicidade é a chave para o brilhantismo”. Da primeira vez que ouvi a frase atribuída a Bruce Lee, estranhei. Não pelo teor da citação, que carrega em si uma simplicidade que facilmente poderia ser transformada em vinte laudas de um ensaio sobre a complexidade de tudo que é – ou que parece -descomplicado.

Mas por conta de seu autor. Sempre pensei em Bruce Lee como o ícone das artes marciais, o invencível protagonista do Dragão Chinês e da Fúria do Dragão. O cara que praticamente lançou o Kung-Fu no mundo, muito mais do que qualquer panda.

Mas o que poucos sabem – inclusive eu, antes de pesquisar o tema para esta matéria – é que Lee tinha também um cérebro de aço (e não apenas os punhos). Ele se formou na Universidade de Washington em filosofia, e criou toda uma doutrina – Jet Kune Do. Daí, surgiram frases espetaculares, como essa da simplicidade. Ou a célebre “a água pode fluir ou pode bater. Seja água, meu amigo” perfeita como punchline de qualquer livro de autoajuda.

Lembrei da tal frase ao tentar definir, em uma conversa com um par de amigos, sobre uma receita que aprendi há muito tempo nem me lembro onde, e que resolvi praticar durante meu tempo livre em dois mil e vinte. Brownies de whisky. É que a receita em si não é nada demais – é um brownie como todos os outros que levam apenas matérias primas lícitas. Mas, talvez pela proporção, ou talvez pela adição de whiskey, ele fica brilhante. Aliás, certamente é pela adição de whiskey. Whiskey é um abrilhantador da vida.

Bruce concorda.

Mas enfim. Em benefício da simplicidade desta matéria, vamos logo à receita desta maravilha doce. Como disse o grande Dragão, esvazie sua mente. E vamos ao mis-en-place.

INGREDIENTES

  • 200g chocolate meio-amargo – pelo bom mestre do Wing Chun, escolham um chocolate decente para os brownies. Este Cão sugere Callebaut para confeitaria.
  • 100g de manteiga
  • 1 xícara de chá de farinha
  • 1/2 xícara de chá de açúcar
  • 2 ovos
  • Nozes (não vou indicar a quantidade. Depende de quanto você gosta de nozes. Qualquer coisa até 1 xícara parece decente).
  • 90ml de bourbon whiskey (este Cão usou Jim Beam White)
  • Fouet e toda parafernália para fazer brownies

PREPARO

  1. Derreta o chocolate com a manteiga em uma panela. Pré-aqueça o forno. Derreta antes mesmo do passo 2. Se você derreter depois, quando for juntar, a temperatura da mistura vai cozinhar os ovos e os brownies vão ficar com uma textura esquisita. Deixe esfriar.
  2. Bater (a mão! Tenha punhos de aço, meu amigo) os ovos, o açúcar e a farinha até ficar esbranquiçado. Nem adianta pegar atalhos. Não fica igual na batedeira. Confia em mim, eu tentei, eu tenho preguiça também.
  3. Adicione o whiskey.
  4. Misture os dois (chocolate e mistura de farinha)
  5. Adicione as nozes. Misture mais até ficar homogeneo.
  6. Coloque no forno. O tempo dependerá do equipamento. Aqui, 15 minutos no fogo alto e 40 no fogo baixo são o ponto perfeito. Os brownies têm que ficar bem molhados, quase crus, dentro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *