Receita do Cão – Whisky Scones

whisky-scones-2-o-cao-engarrafado

Esta receita do Cão Engarrafado foi originalmente publicada nos sites M de Mulher e Everest 180 graus. Mas gostamos tanto do resultado que resolvi reproduzi-la também aqui, com aquela tradicional introdução.


Pense rápido, qual é a coisa mais inglesa que você conhece? Muitos pensarão nos Jaguares ou Mini Coopers. Outros, talvez, relembrarão do Mr. Bean. E ainda haverá aqueles que citarão um buldogue. Um buldogue ou talvez a rainha.

Para mim, no entanto, a coisa mais inglesa do mundo sempre foi o chá da tarde. Nada é mais indissociável aos habitantes do Reino Unido do que aquela tradicional refeição vespertina.

O que poucos sabem é que essa tradição, na verdade, é relativamente nova. Ela foi criada lá por mil oitocentos e quarenta, pela – discutivelmente – famosa Duquesa de Bedford.

A duquesa
A duquesa

A duquesa, uma pessoa que obviamente tinha uma certa fixação por comida, sentia fome algumas horas depois de terminar seu almoço. E, por conta disso, achou razoável, ao invés de comer um pouquinho mais no almoço para aguentar até o jantar, introduzir uma refeição completamente nova entre as duas.

O lanchinho inventado pela duquesa era composto de chá e alguns pães, doces e salgados. E, entre eles, estavam os scones, uma espécie de bolinho feito com farinha, açúcar, fermento, sal, manteiga, leite e, algumas vezes, ovos. Com o tempo o chá da tarde foi se sofisticando e tornou-se um hábito dos britânicos. E os scones pegaram carona em sua tradição.

Scones são muito versáteis. Eles podem ser usados como pão, e ficam uma delícia com manteiga. Ou como um doce, com um pouco de geleia. Minha preferida é a de laranja. Com lemon curd também fica fantástico. Você pode inclusive adicionar chocolate ou nozes, ou até uvas passas – perfeito para esta época natalina.

Alías, existem receitas de scones mais puxados para o salgado, e outras para o doce. Mas, na minha singela opinião, todas as receitas carecem de um ingrediente indispensável. Um ingrediente facilmente encontrável no país vizinho daquele que teria inventado o chá da tarde. Whisky. Porque como já disse uma vez por aqui– whisky melhora tudo que se pode comer. Whisky é quase um photoshop gastronômico.

Assim, peguei como ponto de partida a receita que teria sido – mais uma vez, discutivelmente – aperfeiçoada pela rainha Victória em pessoa, e fiz algumas adaptações. Preparem-se para a coisa comestível mais inglesa – com um toque escocês – da história. Com um nome que ainda tem uma aliteração bacana.

WHISKY SCONES

INGREDIENTES

  • 2 xicaras de chá de farinha
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • ½ colher de chá de sal
  • 4 colheres de sopa de manteiga
  • 2/3 de xícara de leite integral
  • 1 a 2 doses de blended scotch whisky*

 PREPARO

  • Adicione os ingredientes em pó num bowl (ou pote), e misture bem.
  • Adicione o leite, a manteiga (em pequenos pedaços) e o whisky e misture até que fique homogêneo, como se fosse – na verdade, é – uma massa de pão.
  • Divida a massa em oito pedaços idênticos e enrole, fazendo pequenas esferas
  • Unte uma forma com farinha e coloque as esferas.
  • Com um pincel, pegue um pouco de leite e sele levemente as esferas.
  • Pré-aqueça o forno por 10 minutos
  • Deixe a forma em forno baixo por mais ou menos quinze minutos. Isso, obviamente, dependerá do forno. O ideal é que ele fique apenas dourado por cima.

Pronto! Sirva com geleia de laranja ou manteiga e, claro, uma dose do seu whisk(e)y preferido!

(*) você pode escolher o whisky de sua preferência. Apesar de indicar um blended scotch, sinta-se à vontade para testar. Com um Bourbon whiskey também ficará excelente.

3 thoughts on “Receita do Cão – Whisky Scones

  1. Sou um tanto fascinado por pães em geral e talvez vc tenha percebido que também gosto (bastante) de whisky.
    Me parece uma receita acessível ao meu cérebro primitivo e saborosa.

    Abraço!

  2. Ola cão,

    Excelente receita. Acabei de testar e ficou delicioso com whisky. Incrível como whisky nao faz parte da receita original. Rsrsrs
    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *