Drops – Craigellachie 13 anos

Você desvia de escadas na rua? Anda por aí como um chaveiro, com olho grego, pimenta e pé de coelho pendurados no pescoço ou na bolsa? Coloca o sal na mesa para a outra pessoa pegar, e, se porventura o saleiro cai, rapidamente joga um pouco para trás, por cima do ombro? E paraskevidekatriaphobia, você tem?

Se você não entendeu essa última, eu explico. Paraskevidekatriaphobia é o medo de sexta-feira treze. A palavra foi criada por um psicoterapeuta norte-americano, o Dr. Donald Dossey, e é formada por três elementos – “paraskevi”, “dekatria” e “phobia”, que em grego significam, respectivamente “sexta-feira”, “treze” e “medo”. E como você já deve ter adivinhado pela explicação etimológica, define o medo da sexta-feira treze. Segundo ele, de uma forma bem humorada, quem conseguisse pronunciar a palavra estaria magicamente curado daquela fobia.

O Cão Engarrafado, no entanto, tem outra cura. Uma que não exige qualquer habilidade léxica e que também envolve o amaldiçoado número. Tomar uma dose do Craigellachie 13 anos, à venda nos Duty Frees dos aeroportos brasileiros, no embarque e desembarque de voos internacionais.

O Craigellachie 13 anos é a espinha dorsal dos single malts da destilaria Craigellachie, localizada em Speyside, e pertencente à Bacardi. Junto dos demais single malts do grupo – Aberfeldy, Aultmore, The Deveron e Royal Brackla – temos a coleção autointitulada “The Last Great Malts” ou “os últimos excelentes maltes”. A modéstia realmente passou longe aqui.

Last Great Malts

A Craigellachie foi fundada por Peter Mackie – o mesmo criador da Lagavulin e do blended whisky White Horse – em 1890. Seu principal papel era o de fornecer maltes para blended whiskies. Foi apenas em 2014, que o Craigellachie passou a ser comercializado como single malt pela própria destilaria. Apesar disso, grande parte da produção ainda é destinada aos blends, em especial à linha Dewar’s.

A Craigellachie é uma das unicas destilarias da Escócia que utiliza worm tubs, um sistema de resfriamento e condensação dos vapores provenientes da destilação. Worm tubs são serpentinas submersas em água fria. O vapor proveniente do alambique passa por dentro desta serpentina e vagarosamente é resfriado e condensado. O resultado é um destilado mais pesado e sulfuroso. A impressão ainda torna-se mais clara por conta do malte utilizado pela Craigellachie.

O Craigellachie 13 anos é um single malt oleoso, amargo e com um curioso aroma de enxofre. Mas em um sentido bom. Há uma certa defumação, mas apenas em segundo plano. O final é longo e sulfuroso. Se você gosta de whiskies mais oleosos e agressivos, o Craigellachie 13 anos não irá decepcioná-lo. Paraskevidekatriaphobia ou não, o Craigellachie é um treze da sorte.

CRAIGELLACHIE 13 ANOS

Tipo: Single malt com idade definida (13 anos)

Destilaria: Craigellachie

Região: Speyside

ABV: 46%

Notas de prova:

Aroma: levemente defumado, enxofre, frutas cítricas doces (laranja lima? abacaxi talvez?)

Sabor: levemente enfumaçado, carne, enxofre. Levemente cítrico e adocicado. Encorpado, com final seco e persistente.

Disponibilidade: Duty Frees brasileiros e internacionais

 

2 thoughts on “Drops – Craigellachie 13 anos

  1. Como vai, mestre?
    Além de ter um rótulo muito legal, acho que essa análise foi a mais surpreendente que já li. Não me pergunte o porquê, mas eu jurava que ele era leve e doce haha.
    Gostaria muito de provar.
    Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *