Union Vintage 2005 – Flashback

Cento e sessenta e quatro milhões de reais em notas de cinquenta. São três milhões, duzentas e oitenta mil cédulas. Se alguém resolvesse, algum dia, empilhá-las, a torre chegaria a trinta e três metros de altura. E se pesadas, dariam aproximadamente três toneladas e meia. Três toneladas e meia de dinheiro, em notas de cinquenta reais. Em volume, dariam para preencher mais de seis caixas d’agua de um metro cúbico. Só pelo puro volume e peso, pode parecer uma quantidade infurtável de dinheiro. Mas foi justamente isso que aconteceu em Fortaleza, no segundo maior roubo a bancos do mundo – o tal assalto ao Banco Central, que até deu origem a um filme da Netflix.

Os ladrões agiram por mais de três meses, planejando cada detalhe. Cavaram um túnel até o cofre e tiraram, pacientemente, todas as seis toneladas e meia com o uso de bacias e cordas. Nenhum alarme foi disparado. A notícia do roubo chegou a imprensa apenas no dia seguinte. Que você, querido leitor, provavelmente leu ao utilizar algum sistema de busca como o Altavista e o Yahoo. Ou, se fosse conectado as últimas tendências digitais, viu no recém-fundado YouTube. Pois é. O evento aconteceu em 2005.

Em 2005, voce tinha que apertar três vezes a mesma tecla pra escrever “C”.

Foi em 2005 também que a Halle Berry apareceu durante a premiação da Framboesa de Ouro para receber seu prêmio de pior atriz por Mulher Gatoe quando o YouTube foi fundado. Foi também o ano que o Kyle MacDonald começou seu projeto de conseguir uma casa utilizando apenas um clipe vermelho de papel – projeto que mais tarde foi narrado em seu blog “one red paper clip“. E enquanto tudo isso acontecia, a destilaria brasileira de whisky Union, localizada em Veiranópolis, preenchia alguns barris de carvalho americano com seu new-make spirit.

Na época, a gente não sabia que o YouTube viraria o que é hoje. E não fazia ideia que o Google em breve superaria Altavita e Yahoo – muito provavelmente, pela facilidade de transformar seu nome em verbo (afinal, você já viu alguém falar “Yahooza isso aí”?). Não fazíamos ideia também sobre os barris da Union. Aliás, muitos de nós não fazíamos ideia nem do que era a Union. Mas, em 2022, soubemos destes barris – foram eles que deram origem ao Union Vintage 2005.

Como o nome sugere, o Union Vintage 2005 foi todo destilado em 2005, e os barris preenchidos no mesmo ano. Estes maturaram por longuíssimos dezesseis anos até que foram finalmente esvaziados e seu conteúdo engarrafado. Ao todo, renderam duas mil e cinco garrafas – uma coincidência suspeita, se alguém me perguntar. O whisky foi engarrafado com sua cor natural, na graduação alcoolica de 48%.

A maturação aconteceu totalmente em barris de carvalho americano de ex-bourbon. Intuitivamente, imaginaríamos um whisky extremamente maturado – ainda mais considerando que o clima brasileiro acelera a maturação, se comparada a padrões escoceses. Mas, não é bem o que acontece. O Union Vintage 2005 é elegantemente equilibrado. O tempo suavizou o new make, mas não o ofuscou. O que sugere que os barris usados foram de primeiro e segundo uso, e cuidadosamente misturados para que nenhum dos elementos se sobrepusesse ao outro.

A Union em Veiranópolis

Sensorialmente, o Union Vintage 2005 traz notas de baunilha, mel, açúcar mascavo, gengibre e pimenta. Há um curioso frutado também, que surge especialmente na finalização. Em comparação aos demais whiskies da Union, o Vintage 2005 é bastante delicado e lapidado. Para o entusiasta que procura sempre intensidade e personalidade, talvez seja uma quebra de expectativa. Mas há uma troca clara aqui – equilíbrio e sofisticação versus pungência.

O Union Vintage 2005 está a venda no site oficial da destilaria e em varejistas selecionados por, aproximadamente R$ 465,00. Parece caro, mas o preço se justifica pela matéria prima e barricas – quase todos importados – o tempo de maturação e, não menos importante, a embalagem caprichada. Para os entusiastas por single malts Brasileiros, ele é prova obrigatória. Só não recomendo o assalto a bancos como forma de comprar um.

UNION VINTAGE 2005

Tipo: Single Malt

Destilaria: Union Malt

País: Brasil

ABV: 48%

Notas de prova:

Aroma: adocicado e floral, com baunilha e mel.

Sabor: mel, gengibre, baunilha, açúcar mascavo. Final apimentado, frutado e com gengibre.

2 thoughts on “Union Vintage 2005 – Flashback

  1. Obrigado por relembrar do acontecimento “one red paper clip”, irei partir do Union Vintage 2005 até uma lambo talvez?!

    Achei disponível para venda apenas no site da Union e também na “fabricadebebidas” qual oferece frete grátis. Sabe me informar se o site da FAB é confiável ?

    Att.

    1. Kevin, nunca comprei no Fabrica de Bebidas. Me parece okey de portfólio! Eles tem coisas bem legais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.