Debutante – Glenfiddich 15 Anos

Quinze anos. Quinze anos, para uma pessoa, raramente é sinal de maturidade e equilíbrio. Com quinze anos, seu conceito de uma noite divertida provavelmente se aproximava de tentar fazer cara de mais velho para entrar em alguma balada ruim, com um RG falsificado, só para encontrar lá dentro outros adolescentes de quinze anos de idade, que também fizeram cara de mais velhos.

Se bem que, nessa nova geração, não sei não – acho que seria algo como fazer yoga e depois tomar um suco de clorofila detox gourmet, tirando uma foto com um pau de selfie. Ou, no caso de um menino, cortar o cabelo de uma forma ridícula, para depois cobri-lo com um fone de ouvido igualmente ridículo e tão grande que até parece que foi arrancado do teto de um helicóptero.

Porque tirar foto na frente do espelho já não era ridículo o suficiente.
Porque tirar foto na frente do espelho já não era ridículo o suficiente.

Mas, ao contrário do que acontece com seres humanos, no mundo do whisky, principalmente se estivermos falando de Glenfiddich, quinze anos é tempo suficiente para criar um produto incrível. Este é o caso do Glenfiddich 15 anos Solera. É um single malt que faz frente a whiskys muito mais maturados e elaborados, e até mesmo preda os irmãos mais velhos, como o 18 e o 21 anos, que já são excelentes.

O Glenfiddich 15 anos utiliza quatro barricas diferentes em seu processo de maturação. Primeiramente, parte do destilado passa quinze anos em barril de carvalho europeu que maturou vinho xerez. Enquanto isso, outra parte descansa, pelo mesmo tempo, em barrica de carvalho americano de ex-bourbon.

Agora a história fica realmente interessante:  o whisky maturado 15 anos em barril de ex-bourbon é transferido e decantado em barrica virgem de carvalho americano onde passa em média mais três meses. Esse curto espaço de tempo é suficiente para conferir ao destilado um certo punch de aromas e sabores, visto frequentemente em bourbons e Tennessee Whiskeys, como o Jack Daniel’s Single Barrel, mas pouquíssimo em single malts.

Só isso já seria o suficiente para tornar o Glenfiddich 15 anos um whisky bem interessante. Mas o processo continua: os destilados provenientes das 3 barricas – xerez, bourbon e carvalho virgem americano – são transferidos para o exclusivo Solera Vat, um tonel que mais parece um enorme ofurô com capacidade para 25 mil litros de single malt. Lá, o destilado recém retirado das barricas é mesclado com whisky que passara pelo mesmo processo de produção, mas descansava na Solera a mais tempo.

Porque tirar foto na frente do espelho já não era ridículo o suficiente.
Ofurô dos deuses

Por fim, após 24 horas, parte do liquido é transferido da Solera Vat para tonéis de casamento (Portuguese Oak Tuns) onde permanecem no mínimo mais 4 meses, para finalização e envase. Segundo a destilaria, a Solera nunca fica completamente vazia, e o processo de mescla ocorre todos os dias. Isso significa que ainda há parte do destilado que foi colocado lá em 1998, data de inauguração do recipiente. Naquele ano, os barris utilizados para preencher a Solera datavam de 1982. Ou seja: seu Glenfiddich 15 anos conterá whisky envelhecido por trinta e três anos!

Quando fui à Escócia em 2013, conheci a enorme Solera como parte do Pioneer’s Tour, promovido pela Glenfiddich. Aliás, o tour da destilaria foi um dos melhores que fiz por lá. Ela permite ao visitante experimentar cada parte do processo de produção do whisky, incluindo o mosto que dá origem ao destilado, antes e depois da fermentação. Não dá para dizer que é uma experiência deliciosa, ou até mesmo cheirosa, por assim dizer, mas é muito interessante. É também possível experimentar o destilado semenvelhecimento, para entender como a madeira influencia na criação dos aromas e sabores do whisky.

Parque de diversões (fonte: Glenfiddich Distillery)
Parque de diversões (fonte: Glenfiddich Distillery)

O Glenfiddich 15 anos recebeu medalha de prata no International Spirits Challenge de 2013, e medalha de ouro na International Wine and Spirits Competition de 2012, dois dos mais importantes concursos do mundo dos destilados.

Aqui no Brasil, um Glenfiddich 15 anos sai, em média, por R$ 300,00 (trezentos reais) – seu preço sugerido é R$ 280,00 (duzentos e oitenta reais). É uma diferença razoável para o Glenfiddich 12, que sai por R$ 180,00 (cento e oitenta reais). Mas a diferença não é apenas três anos – o processo de maturação do Glenfiddich 15 anos é muito mais elaborado, entregando um produto final mais complexo e diferenciado. É um investimento que realmente vale a pena. Aliás, se você é fã de bourbons, o Glenfiddich 15 anos provavelmente será seu single malt preferido por um bom tempo.

GLENFIDDICH 15 ANOS SOLERA

Tipo: Single Malt com idade definida – 15 anos

Destilaria: Glenfiddich

Região: Speyside

ABV: 40%

Notas de prova:

Aroma: cítrico, frutado. Baunilha e caramelo.

Sabor: O sabor lembra bastante o de um Bourbon whiskey. É doce e frutado. Podemos notar caramelo (ou açúcar mascavo) e baunilha. O sabor amadeirado do xerez também está lá. Final longo e doce.

Com água: Com água, o sabor fica menos doce e mais amadeirado e cítrico. O final fica também mais amargo e cítrico.

Preço: em torno de R$ 300,00 (trezentos reais)

Glenfiddich15 1
A garrafa antiga

16 thoughts on “Debutante – Glenfiddich 15 Anos

  1. Olá mais uma vez Maurício. Achei muito interessante o implemento da Solera Vat no processo final de maturação do Glenfiddich 15, me fez lembrar o Charcoal Mellowing utilizado pela Jack Daniel’s, também pioneiro em sua categoria como Tennessee Whiskey, aliás, adoro o Jack Daniel´s no. 7. Li a matéria a respeito em seu post e também no portal da Glenfiddich que me atiçaram a curiosidade em experimentar este Single Malt “diferenciado”. Estou ansioso aguardando chegar uma garrafa de 70 Cl que comprei de um colega também apreciador. Espero que atenda minhas expectativas, falo isso porque gostei muito do Glenfiddich 12. Quando degusta-lo expressarei aqui minhas impressões. Grande abraço!

    1. Edmilson, Glenfiddich 15 é um dos melhores custo-benefício de whisky que conheço até hoje. Sem brincadeira. Quero saber o que achou!

  2. Um puta whisky! até eu mal aguentava o cheiro de destilados (obviamente do Red, Black e tantos outros blended de entrada). Quando tomei esse Whisky a primeira vez foi estranho. Da segunda vez em diante deu pra percentual o quanto ele é bom.

    1. Ele é incrível, Willian. Até hoje, um dos single malts com melhor custo-beneficio que conhecemos.

  3. Caro Amici Master of Masters!!Simplemente, um Whisky fabuloso!! Apos beber ele, pensei em seu texto e concordó plenamente com vc! Slainte Math!!

  4. Olha, um dia, estava perambulando por um supermercado aqui de Paulo Afonso, Bahia, e me deparei com três Glenfiddich: dois 12 Years Special Reserve e, claro, um 15 Years Solera. Eu não sei se o dono ou gerente deste supermercado tinha noção de valores desses single malts, mas cada um deles me custou exatos R$ 140,00!!! Comprei os três!!! A embalagem é uma lata e com uma espécie de certificado de autenticidade, toda forradinha por dentro, muito bacana. Fui pesquisar e vi que esse single malt special reserve, não é mais produzido. Com certeza, esse 15 anos será durante muito tempo, o meu single malt preferido. Claro, o Glenfiddich é da distilaria Grant´s e tem como Master Blend, o Brian Kinsman!!! Um excelente single malt, meu amigo!!! Um abração!!!

      1. Caro Cão, obrigado por mais uma ótima resenha.
        Em uma viajem para o interior de SP, para visitar a família da minha namorada, tive a oportunidade de ir a um empório de bebidas e uma bela promoção do 15 anos (na verdade, estava a procura do 12).
        Whisky comprado e já ansioso para chegar em casa para conhecer e apreciar toda a riqueza dessa garrafa.
        Fora a possibilidade de sonhar com um Macallan Reflexion que também estava à venda!

  5. Pena que hoje o GLENFIDDICH 15 anos ja estar de 650. Muito caro. Mas irei comprar o meu mesmo assim. Mas o 18 anos estar o mesmo preco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *