Beer Drops – Maniacs Moscow

Nunca fui muito de futebol. Mas assumo que tenho acompanhado a Copa do Mundo com algum empenho e até torcido com entusiamo em algumas partidas, mesmo que o Brasil tenha sido elimado. Além disso, tenho um certo interesse pela Rússia. Talvez seja por conta de seus grandes escritores – como Gogol, Dostoievski e Tólstoi. Ou pela música, que contava com personalidades como Borodin e Stravinski (que, aliás, era um apaixonado por whisky).

Aliás, a Rússia não é apenas um país de gigantes da literatura e música. Mas é também uma nação de coisas gigantes. O maior avião do mundo, por exemplo, é deles. Seu nome é Antonov An-225, e ele mede mais de oitenta e quatro metros de comprimento. O maior helicópteros – o Mil Mi-26 – também. E um dos maiores cachorros, o pastor caucasiano, que chega a pesar noventa quilos.

Cãozíneo grandíneo.

Nada mais justo, então, que o estilo de cerveja batizado em homenagem ao país seja também superlativo. É a Russian Imperial Stout. Com alta graduação alcoólica e malte torrado, essas cervejas  foram criadas pelos ingleses no século XVIII, e podiam facilmente sobreviver à longa viagem entre o Reino Unido e a Rússia, onde eram consumidas – especialmente pela corte russa.

Embalada pela Copa do Mundo, pelo frio e pela história cervejeira, a Maniacs Brewing Co. lançou recentemente a Moscow, uma Russian Imperial Stout com aromas de café, madeira e baunilha. E claro – como não poderia faltar no Cão Engarrafado – uma finalização longa que remete a bourbon whiskey. Isso se deve ao uso de espirais de carvalho americano envelhecidas em Bourbon, usadas na maturação da cerveja.

A Maniacs Moscow faz parte de uma linha especial da cervejaria, chamada Rebellion. Segundo seu CEO “Nossa linha exclusiva foca em trazer a verdadeira experiência Maniacs. Queremos que todos degustem o que há de melhor no mundo cervejeiro. Com a Maniacs Moscow, temos uma cerveja única, que reúne os melhores maltes e lúpulos para este estilo. E o resultado vocês podem sentir aqui, uma cerveja poderosa, densa e complexa.

A Manacs Moscow utiliza maltes Pilsen, Swaen Aroma, Swaen Chocolate B, Swaen coffee Light e Swaen Black, e lúpulos Magnum e Cascade. A graduação alcóolica – como tudo russo – é hiperbólica. 12,7%. E o vasilhame não fica para trás. A Moscow é vendida em garrafas de 600 ML, para que nenhum russo ou brasileiro, por mais gigante que seja sua sede, reclame.

Se você estiver procurando uma cerveja para acompanhá-lo nesta final da Copa do Mundo, ou apenas para lhe prestar companhia durante um momento de leitura de algum clássico russo, a Maniacs Moscow é uma ideia ótima. Ou melhor. Uma grande ideia.

MANIACS MOSCOW (REBELLION)

Cervejaria: Maniacs Brewing Co.

País: Brasil

Estilo: Russian Imperial Stout (RIS)

ABV: 12,7%

Notas de Prova:

Aroma: café, chocolate. Levemente floral.

Sabor: Encorpada, pouco carbonatada. Café, chocolate meio amargo, um certo malte. Final com baunilha e madeira, bastante longo.

 

One thought on “Beer Drops – Maniacs Moscow

  1. Também sou pouquíssimo ligado à futebol, mas a Copa acaba nos prendendo. Meu filho ficou louco com a Copa, se tornando inclusive torcedor fanático da Croácia hahaha.
    Quando penso na Rússia, penso em Vodka, que foi inclusive a primeira bebida que provei. Se a vodka deles é boa, por que não provar uma cerveja, não é mesmo? ABV de 12,7% me parece bem bacana. Comprei recentemente uma Strong Golden Ale. Vamos ver o que ela oferece hahaha.

    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *