Degustação com Robin Coupar – Global Brand Ambassador Wild Turkey

 

Quinta-feira, 14:30. Três taças de whiskey posicionadas à minha frente. Na sala contígua, bartenders preparam coquetéis com whiskey para convidados – entre eles, uma espécie de smash, criado por Paulo Freitas, embaixador brasileiro de Wild Turkey e Campari. Dado o horário e a assemblage etílica, este não é um dia normal de trabalho.

É que Robin Coupar, embaixador global da Wild Turkey, esteve no Brasil para uma série de degustações da marca, e este Cão teve o prazer de participar de uma delas. Durante a apresentação, Robin – que é escocês e apaixonado por tudo relacionado a whisky – contou alguns detalhes sobre a história e produção de Wild Turkey.

As degustações fazem parte do concurso Behind The Barrel, que contou com 30 participantes brasileiros. A competição é um convite do bourbon Wild Turkey, marca do Campari Group para que bartenders criem um “Coquetel Verdadeiramente Seu”, utilizando Wild Turkey 101.

Not your regular thursday

Uma das características mais interessantes é a pouca diluição. O produto da destilação – o white dog – entra nas barricas quase com a força que sai dos destiladores contínuos. Isso faz com que o sabor trazido pela mashbill do whiskey fique mais evidente, mesmo depois de totalmente maturado.

Durante o evento, tivemos a oportunidade de provar três whiskeys do portfóio da marca. O Wild Turkey Bourbon  (anteriormente conhecido como Wild Turkey 81), o Wild Turkey 101 e o Wild Turkey Rye. Este último, uma versão com graduação alcoólica reduzida do conhecido 101 Rye, já revisto aqui.

Robin explicou que a mashbill do Wild Turkey Bourbon e seu irmão 101 é a mesma. Como todo bourbon, há predominância de milho. A diferença entre os dois está na graduação alcoólica e na maturação média, que é maior na versão mais etílica. No caso do 101 Rye, naturalmente, a mashbill muda, e o cereal predominante passa a ser o centeio.

Robin, pensando sobre whiskey.

O embaixador também mostrou como todo processo de fabricação do Wild Turkey é feito, ainda, de forma artesanal e supervisionado por Eddie e Jimmy Russell, gerentes e master distillers da Wild Turkey, que somam mais de noventa anos de experiência no processo de fabricação de bourbon.

Por fim, uma surpresa. Fomos presenteados com uma dose de Russell’s Reserve Single Barrel, um bourbon whiskey produzido pela Wild Turkey em quantidades limitadas, com 55% de graduação alcoólica, e proveniente de barricas especialmente selecionadas por sua qualidade e maturação.

Realmente, aquele estava longe de ser um dia normal de trabalho.

2 thoughts on “Degustação com Robin Coupar – Global Brand Ambassador Wild Turkey

  1. E ainda existem pessoas que afirmam não ser possível ser feliz no trabalho, não é mesmo hahaha?
    Já faz algum tempo que não compro, mas talvez o senhor já tenha reparado que gosto do WT. Não me importaria nem um pouco de participar de um evento desses.

    Abraço, mestre!

    1. Verdade, meu caro! Você teria adorado conhecê-lo. É um cara muito gente fina e que manja muito de whisky!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *