Kilchoman Port Cask Matured (2018)

Uma vez, contei a vocês como me apaixonei à segunda vista pela incrível Bowmore. O que não contei é que, na mesma viagem, me desiludi com uma destilaria que antes nutria altas expectativas. A Kilchoman – na data de minha viagem, a menor, mais jovem e mais promissora destilaria da ilha de Islay, famosa por seus whiskies enfumaçados.

Não que tenha detestado o lugar. Longe disso. Considerando seu tamanho e juventude, a Kilchoman se saía muito bem. Mas a comparação, talvez injusta de certo ponto de vista, com algumas de suas vizinhas, como Bruichladdich e Bowmore, à deixava em desvantagem. Não havia nada de errado com os maltes da Kilchoman. Mas, minha impressão, é que não havia nada de extraordinário também.

Porém, foi apenas bons dois anos depois, em outra viagem e do outro lado do Oceano Atlântico, que minha impressão se dissipou. Durante uma visita ao incrível Flatiron Room de Nova Iorque, pude provar o Kilchoman Port Cask Matured – single malt da destilaria com 50% de graduação alcoólica, e finalizado em barris de vinho do porto. E, como vocês sabem, tenho uma certa obsessão por whiskies e vinhos do porto.

Flatiron Room

O Kilchoman Port Cask Matured 2018 é o segundo lançamento da Kilchoman de um single malt maturado em barricas de vinho do porto. O primeiro foi lançado em 2014, data em que o new-make spirit (o destilado sem maturação) da segunda edição, lançada em 2018, foi colocada nos barris.Trinta deles, para ser mais exato. A breve maturação ocorreu inteiramente nessas trinta barricas de vinho do porto, o que é algo bem raro.

Sensorialmente, o Kilchoman Port Cask Matured é um whisky enfumaçado e relativamente alcoólico, mas com um dulçor frutado bastante claro, especialmente na finalização. Na opinião – suspeita – deste Cão, há um equilíbrio excelente entre o perfil do destilado e a influência das barricas de porto, ainda que o whisky pareça bastante jovem.

A Kilchoman é uma destilaria bem jovem. Seus primeiros barris foram preenchidos em dezembro de 2005 e seu primeiro whisky – o Inaugural release – foi lançado somente em 2009. Por conta disto, a destilaria não possui estoque com maturação superior a treze anos. Para tentar contornar a quase inevitável juventude de seus maltes, a destilaria emprega uma longa fermentação em seus washbacks – de 85 horas – e alambiques que promovem bastante refluxo, apesar de seu tamanho diminuto.

O Kilchoman Port Cask Matured é um malte jovem e desafiador – adjetivos perfeitamente aplicáveis também à sua destilaria. E é também um testemunho de que a Kilchoman rapidamente despontará como uma das mais incríveis destilarias daquela que já é a mais incrível ilha para um apaixonado por whiskies. Se algum dia eu voltar para Islay, a Kilchoman será minha primeira visita.

KILCHOMAN PORT CASK MATURED

Tipo: Single Malt sem idade declarada – NAS

Destilaria: Kilchoman

Região: Islay

ABV: 50%

Notas de prova:

Aroma: defumado, com frutas secas e cristalizadas

Sabor: Início defumado e medicinal, com carvão e esparadrapo. Frutas cristalizadas. Figo. Uvas passas. Final defumado e frutado.

Com Água: Adicionar água torna o whisky menos agressivo e mais frutado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *