Quatro presentes de whisky para o seu pai

Ser pai é uma experiência de surpresa e autoconhecimento. De surpresa porque de todos os infinitos cenários que imaginei para mim aos trinta e tantos, nenhum deles contemplava estar acordado às seis e meia da manhã assistindo Bita e os Animais enquanto uma criança lambe a metade gostosa de uma bolacha recheada.

E de autoconhecimento porque a criança reminisce bastante a mim. Nem tanto fisicamente – neste ponto, por sorte, os genes de minha esposa foram absolutamente impiedosos. Mas quanto à personalidade mesmo. Tenho dois filhos, e me vejo neles o tempo todo. Aliás, eu nunca havia me dado conta de quão irritante e obstinado eu era, até gerar uma mini-versão feminina de mim, e discutir com ela todos os dias.

A paternidade é uma espécie de trabalho sem jornada máxima e cuja remuneração é a realização de seu chefe. O que parece ser injusto, mas é estranhamente recompensador. Ser pai é essencialmente abnegação, mas é delicioso. Ah, e tem o dia dos pais.

Não importa se você acha que o dia dos pais é uma construção social, do capitalismo, para incentivar o consumismo desnecessário. Nós, pais, merecemos. E se você concorda comigo, mas não consegue decidir o que dar para seu progenitor neste dia tão especial, aí vão quatro sugestões para todos os bolsos. Vamos a elas.

WHITE HORSE

White Horse

Calma, eu explico. Desde que abrimos um bar e loja em São Paulo, toda semana alguém aponta para o clássico White Horse na prateleira e fala algo nas linhas de “olha só, meu pai bebia aquele dali”.

A gente não sabe bem porque (na verdade, a gente sabe…) mas o White Horse se entrelaça com o conceito de paternidade de uma forma fascinante. Parece que em certa época, quando alguém virava pai, deixava de beber o que bebia antes para tomar White Horse. Ele faz parte do pacote da paternidade.

E como todo pai é um pouco nostálgico, o conhecido cavalinho branco trará de volta todas aquelas lindas memórias do passado. O White Horse não é um whisky. É uma cápsula do tempo.

CHIVAS REGAL BLENDING KIT

Se seu pai é um whisky-geek e sonha em ser um master blender para alguma marca, isto é mais do que um presente. É a realização de um sonho. A Pernod-Ricard, proprietaria da Chivas Regal, trouxe para o Brasil um kit para que você crie seu próprio blend.

O Blender Kit bem com quatro single malts de perfis sensoriais distintos, um grain whisky, conta-gotas e um becker. Há um site que indica como os elementos devem ser misturados de acordo com um teste de múltipla escolha. O candidato a blender deve responder como gosta de seu whisky, e o site sugere as proporções. À venda na loja oficial da Pernod, a Drinks&Clubs

SUNTORY THE CHITA

Há muito não víamos whiskies japoneses no Brasil. Porém, no começo deste ano, desembarcou por aqui o Suntory The Chita. Ele é um single grain – o único do tipo no Brasil. Seu cereal base é o milho. A destilação acontece em destiladores contínuos, que podem ser combinados de diferentes formas para atingir oleosidades diferentes de seu new-make. Para aumentar a complexidade, uma combinação de barricas – dentre elas, jerez, vinho tinto e bourbon – é empregada.

O The Chita é um whisky leve, delicado, com notas de coco, baunilha, caramelo e mel. Perfeito para se tomar despreocupadamente na companhia de seu pai num dia especial. E caso papai seja mais hipster, a Suntory traz também um gin. o Roku Gin. À venda em varejistas selecionados.

MACALLAN REFLEXION

Se você é um multimilionário, esta é a sugestão definitiva. Por uma fração do preço de um relógio Patek-Phillipe ou um milésimo do que custaria uma McLaren (Ferraris são óbvias, né?) você pode deixar seu velho inebriadamente (de forma literal) feliz. O Macallan Reflexion, a mais exclusiva expressão da luxuosa destilaria a desembarcar oficialmente em nosso país. Custa em torno de R$ 15.000 (quinze mil)

E nem venha me falar que é um exagero. Porque se você hoje tem no banco o correspondente ao PIB de uma pequena nação européia, é por conta dele. Não fosse pelo esforço ativo de seu pai (e a participação da sua mãe, tudo bem) você não estaria aqui para acumular seu dinheiro. Ele merece.

O Reflexion está à venda em garrafa em revendedores selecionados, e em dose em nosso espaço em São Paulo, o Caledonia Whisky & Co.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *